Início » O Que Significa Fezes Escuras

O Que Significa Fezes Escuras

O cocô ideal

O que a cor das fezes diz sobre a sua sa�de

As fezes são restos sólidos dos alimentos que não foram digeridos e absorvidos pelo intestino delgado. A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) afirma que analisar a cor, formato, odor e textura das fezes traz informações sobre as condições do intestino e pode indicar doenças, desde infecções até tumores, além de dar pistas sobre a qualidade da nossa alimentação. Por isso, especialistas defendem a importância de olhar para o que expelimos regularmente e procurar ajuda profissional assim que alterações forem notadas.

O cocô ideal

Um cocô saudável é marrom graças à estercobilina, um pigmento escuro formado na digestão da bile – fluido produzido pelo fígado que facilita a ação das enzimas que digerem as gorduras. Sua textura deve ser sólida , mas não de forma exagerada, com uma forma ligeiramente alongada . O ideal é que a consistência e a forma não causem dor ou dificuldade para evacuar.

Por que as fezes ficam alteradas?

A maioria das mudanças nas fezes se dá por distúrbios funcionais intestinais , relacionados à microbiota, à dieta, ao sistema nervoso e a comportamentos e hábitos de vida. A cor das fezes, assim como sua forma e a consistência, também reflete a qualidade da alimentação e, por isso, estão muito relacionadas com o tipo de alimentos ingeridos. Por isso, variação na cor é algo comum e pode acontecer sem indicar um problema mais grave, desde que não dure por mais de 3 dias. Se a alteração permanecer por mais tempo, é importante consultar um gastroenterologista para identificar se existe um problema e iniciar o tratamento adequado, caso seja necessário.

VEJA O QUE AS ALTERAÇÕES NA COR, FORMA E CONSISTÊNCIA DAS FEZES PODE DIZER SOBRE A SAÚDE

Fezes Verdes

As fezes verdes aparecem quando o intestino está funcionando muito rápido e não tem tempo suficiente para digerir corretamente a bile, como acontece durante situações de estresse ou em crises do intestino irritável. Além disso, a cor verde também pode aparecer quando se ingere muitos vegetais verdes.

Fezes Escuras

As fezes escuras ou negras são, geralmente, acompanhadas por um odor muito mais fétido do que o normal e podem ser sinal de sangramento em algum lugar ao longo do sistema digestivo.

Fezes Amarelas

Este tipo de cocô normalmente é um sinal de dificuldade para digerir a gordura e, por isso, pode estar relacionado com problemas que diminuem a capacidade de absorção intestinal, como doença Celíaca, ou ser causado pela falta de produção de enzimas no pâncreas, podendo indicar problemas neste órgão.

Fezes Avermelhadas

Esta cor de cocô geralmente indica a presença de sangue e, por isso, é mais frequentes em situações de hemorroidas, por exemplo. Porém, o sangramento também pode ocorrer devido a infecções, problemas inflamatórios, como doença de Crohn e colite ulcerativa ou doenças mais graves, como câncer.

Fezes Claras

As fezes claras, ou esbranquiçadas, surgem quando existe muita dificuldade do sistema digestivo para digerir a gordura e, por isso, são um sinal importante de problemas no fígado ou nas vias biliares.

Consistência

A consistência das fezes sugere o quanto elas demoraram a serem evacuadas. Fezes que demoraram dias passam a ter seu componente de água reabsorvido pelo organismo e, portanto, ressecam mais, ficando bastante endurecidas. No caso das infecções intestinais, a passagem das fezes é bem mais rápida e não há a correta absorção de água, gerando as diarreias. A consistência ideal é de pastosa a moldável, devendo se adaptar ao canal do ânus sem machucar.

Odor

É certo que o cheiro das fezes não é dos mais agradáveis. Entretanto, a intensidade do odor pode variar muito conforme aquilo que comemos. No geral, o consumo de carne vermelha ou alimentos condimentados pode gerar fezes com um odor mais acentuado. As fezes de uma alimentação saudável e equilibrada devem apresentar um cheiro característico. O odor fétido pode indicar infecções ou inflamações, já que não há a completa digestão dos alimentos.

Formato

As fezes consideradas normais são caracterizadas como fezes cilíndricas, compridas e com aspecto macio. Isso indica que ao passar pelo intestino tiveram um bom trânsito e nenhum tipo de obstrução que atrapalhasse a passagem.

Boia ou afunda?

Fezes saudáveis no geral devem afundar. O que determina se boia ou não é o teor de gordura: quando em excesso, as fezes tendem a boiar. Porém, a concentração de gases nas fezes também pode fazê-las boiar e isso é resultado da ingestão de alguns alimentos, como brócolis, feijão e repolho.

Fezes com Sangue

Não é normal apresentar sangue nas fezes: é um cenário que deve sempre ser investigado por um médico. Pode ser um problema simples, como um sangramento de hemorroidas internas, mas também pode indicar a presença de algo mais sério, como algum tumor.

Procure o especialista

Se você notou alterações nas fezes, procure o médico gastroenterologista que indicará o exame mais adequado para verificar o seu caso.

Conte�dos Relacionados

  • Sabia que a m� digest�o pode ter rela��o com os horm�nios?
  • Marisco: descubra como esse fruto-do-mar faz bem para a pele e o cabelo
  • 5 dicas para incluir o exerc�cio f�sico na rotina
  • Novidade Oriental – O ch� Matcha
  • Alimenta��o e exerc�cios auxiliam na digest�o e previnem gases

Fezes amarelas ou esverdeadas? Saiba o que a cor do cocô pode indicar sobre a saúde

O Que Significa Fezes Escuras

Assim como a frequência da evacuação, o formato, a consistência e a cor das fezes são importantes indicativos da saúde. Alterações na cor do cocô – quando não relacionadas à ingestão de determinados alimentos ou bebidas, como beterraba e vinho – podem significar doenças hepáticas, gástricas ou intestinais.
O cocô deve ser consistente, inteiro e sair sem esforço. A coloração deve ser em tons de marrom, nem muito claro, nem muito escuro. Quando a mudança na cor das fezes durar mais que três dias, é preciso ter atenção e buscar orientação de um médico gastroenterologista, pois três dias é o tempo máximo de ação de um alimento que possa interferir na cor.

CAUSAS COMUNS PARA MUDANÇAS NA COR DAS FEZES

Fezes verdes / esverdeadas

Quando o cocô está esverdeado pode significar alteração no funcionamento do intestino, um sinal de que os intestinos estão funcionando mais rapidamente que o correto. Isso costuma acontecer em situações de estresse, de infecção intestinal bacteriana (que causa diarreia) ou em crises do intestino irritável.
A coloração verde escuro das fezes pode ser sinal de alimentação rica em vegetais folhosos verdes ou excesso de ferro, geralmente em pessoas que tomam suplemento desse mineral, como quem tem anemia ou gestantes. Nos demais casos, é indicado consultar um médico.

Fezes amarelas / amareladas

Cocô amarelo pode ser um indicativo de problema na digestão de gorduras; está relacionado à diminuição da capacidade de absorção intestinal, causada por doença Celíaca; ou, ainda, indicar uma deficiência na produção de enzimas pancreáticas e estar relacionado a problemas no pâncreas.
As fezes amareladas podem indicar, ainda, infecção intestinal. Nesses casos, vem acompanhada de dor abdominal, diarreia e febre e tende a desaparecer em alguns dias.

Fezes avermelhadas

Esta cor, quando não relacionada à ingestão de beterraba em grande quantidade, normalmente é sinal de presença de sangramento, muito comum em quem tem hemorróidas. Nesses casos, a cor é de sangue vivo. Porém, outros problemas, como a Doença de Crohn, colite ulcerativa e câncer também podem causar sangramento. Desse modo, fezes avermelhadas são sempre um sinal de alerta e exigem consulta médica a fim de realizar o diagnóstico e o tratamento adequados.

Fezes muito escuras

Quando as fezes escuras ou negras forem acompanhadas por um odor forte, mais fétido do que o normal, podem estar relacionadas à sangramento em algum órgão do sistema digestivo e até a hemorragias causadas por úlceras gástricas ou varizes no esôfago.
Porém, é bastante comum que as fezes fiquem mais escuras ou enegrecidas após a ingestão de vinho tinto, suco de uva, ou em caso de suplementação de ferro. Nesses casos, o odor não é alterado.
Se houver outros sintomas, como cansaço, tontura, visão turva, vômito ou febre, é preciso ir ao médico ou pronto-socorro imediatamente.

Fezes claras / pálidas

Cocô esbranquiçado ou muito claro pode ser sinal de problema na digestão de gorduras, doenças no fígado ou nas vias biliares ou, ainda, sinal de anemia.
Por isso, é aconselhado consultar um gastroenterologista, a fim de se descartar a existência de problemas hepáticos ou realizar o diagnóstico correto e o tratamento adequado.

  • Tipos de fezes: O que o cocô pode dizer sobre sua saúde?
  • Fezes com sangue: Causas e tratamentos

As alterações na coloração das fezes devem ser acompanhadas por um gastroenterologista.

Você deve procurar um médico quando:

  • Houver presença de sangue;
  • Ficar mais de três dias sem evacuar;
  • A coloração não voltar ao normal por mais de duas semanas;
  • Sentir fraqueza ou se tiver febre;
  • Houver perda rápida de peso sem razão aparente.
Categorias FAQ

Deixe um comentário